terça-feira, junho 14, 2005

Naufrago dos desejos inacabados

Por traz de nuvens cinzas
Sufocado entre paredes com um sorriso livre
Perturbo o sono dos anjos
Muda, pesado coração!
Fique atento ao passar dos dias
Eles trarão de volta o sorriso livre que se foi
Calmo como o silencio
Espalhando fel nos lábios sem amor
Estarei aqui
Acreditando em mentiras!
Logo
O fantasma das escolhas vai chegar
Mostrando as crianças solitárias
Apontando armas para todos a sua frente
São inocentes
Não faça barulho quando chegar
Deixe os mortos descansarem em suas covas
Aberto
Deixo o fogo queimar
Farsa
Acontece também em beijos
Ecoa nessas paredes
Tudo o que não foi dito por essa boca amarga
Em seu constante desespero!

3 comentários:

Anônimo disse...

Ñ saquei a moral do post anterior...

Ginger Squid disse...

ops, era eu!

Sofia disse...

ai que lindo Sandrinho!

de quem é???

beijos querido.